Constelação Familiar (Individual / Workshop)

Mas afinal, o que são princípios sistêmicos?

Trata-se da filosofia de Bert Hellinger. E o contato com esta causou grande repercussão na minha vida pessoal. Por conseguinte, estendeu-se para o meu trabalho, através do modo como tenho olhado para a vida dos clientes e suas questões. Realmente fui capturada por essa abordagem. Por um simples motivo: resultados. Ou seja, diagnóstico e solução são obtidos através das Constelações com muita agilidade.

"Da constelação familiar resulta uma imagem – esta imagem penetra profundamente na alma. De repente a alma vê: este é o caminho." (Bert Hellinger)

A Constelação Familiar é uma abordagem sistêmica-fenomenológica, que trata uma questão pessoal através de representações das relações familiares, utilizando intervenções simples e pontuais. Portanto, a pessoa atendida é conduzida ao equilíbrio e a reconciliação, resolvendo seus emaranhamentos familiares, de modo que ela possa olhar de fato para a sua vida de forma leve e com gratidão.

"Quando uma pessoa se inclina para o destino, então torna-se calma e tranquila, humilde, podendo deixar para trás o passado e olhar para a frente." (Bert Hellinger)

Muitas vezes permanecemos estagnados e reproduzimos situações e comportamentos que nos impedem de ter uma vida mais leve por lealdade ao sistema familiar. Desta forma, a Constelação Sistêmica é uma técnica terapêutica muito eficaz para trabalhar nossas lealdades familiares.

Os atendimentos podem ser individuais ou em grupo.

Quem é Bert Hellinger?

Ele é um alemão nascido em 1925, formado em Teologia e Pedagogia, que trabalhou na África por dezesseis anos como membro de uma ordem missionária católica. A Constelação Sistêmica foi desenvolvida por ele e é hoje largamente difundida pelo mundo. Ele, através de sua formação e experiência em diversas áreas como Psicanálise, Terapia Primal, Análise Transacional, Hipnoterapia e Terapia Familiar compilou o que hoje chamamos de Constelação Familiar ou Sistêmica.